Meia diz ter propostas de clubes da elite estadual, além de equipes de outros lugares do Brasil

Depois da frustação na Copa Rio, onde acabou eliminado na semifinal, o Gonçalense começa a planejar a temporada 2016, quando tentará pela segunda vez o acesso à elite do Campeonato Carioca. A diretoria já acenou que boa parte do elenco será mantida a fim de manter o bom entrosamento que rendeu um bom papel neste ano.

_AFV5405
Peça-chave na Copa Rio, Nélio não assegurou permanência na Série B. Foto: André Fabiano.

O meia Nélio, que chegou ao Tricolor para a disputa da Copa Rio, logo conquistou seu espaço. Se tornou titular absoluto e principal engrenagem no setor de criação. E foi além, tomando conta da braçadeira de capitão. Apesar disso, mesmo com contrato até agosto de 2016, ele não garante a permanência no time de São Gonçalo.

— Temos algumas coisas andando até com relação à Série A do Carioca e outros estados. Tenho contrato com o Gonçalense até agosto do ano que vem e temos que conversar para ver o que será feito — disse o atleta, que não descarta disputar a Série B pelo Tricolor Metropolitano.

— Se por acaso eu tiver que ficar, permanecendo essa mesma base, vai ser interessante, já que é uma equipe muito forte.

O elenco do Gonçalense ganhou férias após a eliminação na Copa Rio. A diretoria ainda não definiu a data de reinício dos treinamentos visando a Série B de 2016.